Canguru com asas.

terça-feira, 17 de Abril de 2018

 

 

 

 

03h00 da madrugada, corrida com início tranquilo, troca de liderança no pit stop e tudo seguia na mais santa paz, favorecendo o cochilo na frente da TV.

Eis que, de repente, não mais que de repente, a dupla da Toro Rosso fez a gentileza de se estranhar na pista e deixar um monte de sujeira, provocando um safety-car.

Então a Red Bull criou asas de verdade, e chamou sua dupla para uma segunda rodada de pit stops perfeitos, devolvendo Mad Max e o Canguru Sorridente à pista muito bem posicionados, com pneus novinhos e mais macios. Estavam prontinhos para devorar a concorrência, que já estava com os pneus mais duros, mas Mad Max não se aguenta! Numa pista com bons pontos de ultrapassagem, se precipitou em cima do Hamilton – de novo! Dessa vez não bateu, mas deu uma escorregada e perdeu duas posições.

Foi a chance do gente boa Ricciardo mostrar para o companheiro apressadinho como é se ultrapassa duas Mercedes e uma Ferrari de forma limpa. Depois de um sábado catastrófico, em que os mecânicos fizeram um baita milagre para colocar o carro na pista para o Q3, nosso simpático canguru deu uma bela volta por cima. Já que não dava para a Ferrari, minha torcida foi toda para o cara, ele mereceu muito essa vitória.

Enquanto isso, Verstappinho aprontou para cima do Vettel, a punição de 10 segundos saiu muito barato para o pestinha. Esse menino tem talento e é veloz, mas bota fora pontos preciosos, por pura afobação. Contrarindo sua habitual arrogância, reconheceu que errou com o Vettel, mas também disse que não muda seu estilo de pilotagem. Tomou um xixi bonito do chefão, vamos ver o que acontece em Baku.

Na tabela de pontuação, não foi de todo mal para a Mercedes, a diferença do Hamilton para o Vettel caiu de 17 para 9 pontos. Mas as flechas de prata parecem estar ligeiramente empenadas. Três provas sem vitória é complicado para a equipe que vem dominando amplamente a categoria, desde 2014.

O fato é que o campeonato está muito bom, a disputa entre o trio de ferro está bonita e totalmente aberta. Parece que minhas preces foram atendidas!

Daqui a duas semanas a F1 vai para um dos seus destinos mais fantásticos, a linda cidade de Baku, com seu cenário deslumbrante. Ano passado foi uma verdadeira corrida maluca, não espero menos neste ano.

Até lá!

 

Vera Peres é publicitária e apaixonada por Fórmula 1 – desde sempre. Acorda no meio da madrugada para acompanhar corridas. É Ferrarista, fã incondicional do Schumi e mãe do peludo Kimi Räikkönen. Já visitou a Ferrari em Maranello, viu Alain Prost, David Coulthard, Damon Hill e Jacques Villeneuve treinando no autódromo do Estoril, viu o Hulkenberg marcar a única pole da carreira (até agora), em Interlagos/2015, debaixo de uma chuvarada, chorou com a morte do Gilles Villeneuve, coleciona filmes, documentários e livros sobre o esporte. O seu sonho de consumo é assistir – ao vivo – uma prova em Monza ou em Spa.

 

Forma | Conteúdo | Moda Masculina | Design |Marcas |Universo Masculino Alfaiataria | Luxo | Primavera-Verão | Coleção | Experiência

 

Leia Também