Briga de cachorro grande.

terça-feira, 6 de agosto de 2019

 

 

 

 

Soltaram os cachorros! Neste domingo vimos uma briga espetacular pela vitória no GP da Hungria. Já são quatro corridas espetaculares em sequência, espero que a turma continue enfezada, depois das férias de verão.

O dia de sol e temperatura amena (coisa rara na normalmente escaldante pista de Hungaroring) proporcionaram uma corrida sem maiores incidentes, mas com muitas ultrapassagens, um banho de estratégia da Mercedes, se recuperando do fiasco na Alemanha, e uma disputa dura, mas leal, entre dois grandes pilotos.

Hamilton, no auge de sua forma, e Verstappen, cada dia mais maduro e centrado, tiveram um duelo de tirar o fôlego, para alegria de quem ama corridas. Particularmente, preferia que o Max tivesse vencido, para dar uma apimentada na tabela e coroar mais uma corrida consistente, que marcou sua primeira pole na categoria. Mas com os pneus muito degradados e um Hamilton possuído, louco para apagar o fiasco do GP alemão, ficou difícil.

E a Ferrari continua remando – para trás! O grande adversário da Mercedes, para a segunda parte da temporada, parece ser mesmo a Red Bull, com um motor Honda em constante evolução – viu, Fernando Alonso?

As equipes e os pilotos entram em férias, mas a silly season continua acelerando. A expectativa é por uma grande dança nos cockpits, principalmente na Haas, na cobiçada vaga do Bottas na Mercedes e na Red Bull, onde Gasly vem sendo muito questionado. E tem que aposte na saída do Vettel, ainda que tenha contrato até 2020 com a Ferrari.

Agora é esperar a F1 voltar à pista, no dia 30/08, com os treinos na fabulosa Spa Francorchamps.

Até lá!

Ah! Ia esquecendo. Eu queria um daqueles maravilhosos troféus da Hungria na minha casa!

Vera Peres

Vera Peres é publicitária e apaixonada por Fórmula 1 – desde sempre. Acorda no meio da madrugada para acompanhar corridas. É Ferrarista, fã incondicional do Schumi. Já visitou a Ferrari em Maranello, viu Alain Prost, David Coulthard, Damon Hill e Jacques Villeneuve treinando no autódromo do Estoril, viu o Hulkenberg marcar a única pole da carreira (até agora), em Interlagos/2015, debaixo de uma chuvarada, chorou com a morte do Gilles Villeneuve, coleciona filmes, documentários e livros sobre o esporte. O seu sonho de consumo é assistir – ao vivo – uma prova em Monza ou em Spa.

Forma | Conteúdo | Moda Masculina | Design |Marcas |Universo Masculino Alfaiataria | Luxo | Primavera-Verão | Coleção | Experiência

Leia Também